Arte Barroca

barroca BARROCO  –  Comentários sobre a arte de hoje:

 Século XX – 1874- 1899.

Começo do século XX (desde os impressionistas). Os artistas usavam a arte para fazer comentários, para documentar o mundo em sua volta (o que eles viam). De repente a arte era muito voltada para registrar o mundo. Começa então o impressionismo que registrava o que sentia e não só o que via. Vários estilos do início do século XX, registraram, documentaram acontecimentos sociais, econômicos, sonhos (como o impressionismo, expressionismo, surrealismo). Tudo acontece documentando a vida do século XX. O surrealismo vai documentar os sonhos do Homem. O cubismo vai fragmentar a vida do Homem. O expressionismo distorce com apelo à emoção. Tudo isso é o começo do século XX. Hoje que estamos no final do século XX o que vai acontecer com a arte? Além de documentar, registrar os acontecimentos, ela precisa passar por um processo de humanização. Nossa criatividade, imaginação, vai ter que registrar o nosso mundo subjetivo porque estamos vivendo numa época de grande confusão, valores éticos, morais, espirituais, políticos, sociais-econômicos, onde tudo é desequilibrado. A arte, então, vai registrar a imaginação do seu mundo subjetivo.  Esse registro da criação vai ser mais importante do que aquilo que vemos ao nosso redor.

Estamos às portas do futuro. Seria a quarta fase da nossa organização social do Homem. É a quarta era da comunicação. Essa era do século XX contém fatores que não tinham nas outras eras.

Primeiro, o grande desencanto com o mundo (isso é muito forte para a arte).

Existe uma renovação muito grande das ciências ocultas nos dias de hoje. Volta ao misticismo. E por que? Porque foram suprimidos pela civilização industrial, pela revolução científica. E de repente a ciência passa a ser o único meio do conhecimento da verdade. Só se acredita no que a ciência dita como verdade. Isso gera uma nova maneira de ver a arte, de sentir, esse desencanto a essa forma muito racional, da verdade, da ciência. Essa nova era é prometida como a “Era Automática”, uma era de velocidade, de desumanização do ambiente. Um século se apresenta pela frente de possibilidades imagináveis. Sem dúvida, teremos um mundo de alta tecnologia. É isso que o comércio e a indústria precisam para sobreviver.

Apesar disso tudo, nós continuamos a ter nossas crenças, necessidades que o pré-histórico tinha (não em termos sociais, mas sim de símbolos e rituais humanos)que são necessários para criar alguma coisa. Isso mudou muito pouco através dos séculos.

Nós temos uma sociedade de alta tecnologia e de necessidades básicas que temos que fazer todos os dias.

Qual vai ser o papel da arte no século XXI?

Alta tecnologia, tudo é só apertar um botão e está pronto. A praticidade. Ninguém precisa pintar, desenhar. A máquina faz tudo?

A arte vai ser novamente um ritual mágico como na pré-história? Ou vai querer mostrar só o Ego do artista? Ou comentar nova era? Mostrar o poder sócio-econômico? Ou vai só registrar a alta tecnologia?

Acho que ela vai preencher alguma falha. De repente vai faltar alguma coisa que a arte vai preencher.

Qualquer obra humana que gera um produto de certa forma já é arte.

A arte sem criação não seria arte e sim um ofício. Todos nós criamos e temos necessidade de criar.

A arte está sempre à frente. Todo artista é de vanguarda.

Filme:  Blad Runner- foi feito por artistas plásticos muito avançados. O filme é uma ficção científica do ano 2000.

O “Impressionismo” era considerado arte de vanguarda para a sua época e levou 30 anos para ser aceito.

1. Arte Acadêmica começou no Renascimento, passa pelo Barroco e vai até 1874 (onde depois começa a fase impressionista que já não é mais considerada acadêmica)

 2. Arte Moderna no Brasil  em 1822.

3. Arte Contemporânea – a partir de 1950 (nos EUA- Action painting)

 4. Arte de Vanguarda – Arte das Bienais, do futuro.

 obs. Um artista abstrato pode pertencer tanto da época da arte contemporânea, como da arte moderna ou da arte de vanguarda.

eugosto

Deixe uma resposta